Brasil Notícias

No país que mais mata homossexuais no mundo, Bolsonaro assina MP que retira LGBTs das diretrizes de Direitos Humanos

Esta medida provisória explicita as mudanças na estrutura dos ministérios, incluindo o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, comandado pela pastora Damares Alves

Bandeira LGBT (Reprodução/Internet)

No início da tarde desta quarta-feira (02/01), o termo LGBTs subiu aos Trending Topics do Twitter (assuntos mais comentados da rede social) e o motivo com certeza não é bom para a população LGBT do Brasil. Pois de acordo com o site Correio Brasiliense, o presidente Jair Bolsonaro assinou ontem, terça (01), uma medida provisória que retirou a população LGBT da lista de políticas e diretrizes destinadas à promoção dos Direitos Humanos.

Leia também: Marina Ruy Barbosa entra nos Trending Topics, após declaração sobre Bolsonaro e viraliza com meme de Barbie Fascistinha

De acordo com o CB, entre as políticas e diretrizes destinadas à promoção dos direitos humanos estão incluídos explicitamente as “mulheres, crianças e adolescentes, juventude, idosos, pessoas com deficiência, população negra, minorias étnicas e sociais e índios”. As pessoas LGBT, que antes eram citadas nas estruturas de Ministérios e Secretarias Especiais da Presidência, foram excluídas.

Agora no novo ministério, existem seis secretarias nacionais: Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres; Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente; Secretaria Nacional da Juventude; Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial; Secretaria Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa.

Por que LGBTs deveriam continuar nas diretrizes de Direitos Humanos?

Porque é uma minoria, que muitas das vezes tem seus direitos fundamentais tirados. Um desses direitos é o direito a vida, o Brasil é o país que mais mata homossexuais no mundo (Trata-se de crimes de ódio, quando LGBTs são mortos por serem diferentes).

Muitas pessoas estão insatisfeitas com atitude do novo presidente:

Se Liga!  Ainda não nos segue no Instagram? Corre lá, nosso @ é @breaktudoreal , voce pode nos seguir também no Twitter @breaktudo e no Facebook BreakTudo, aguardamos você lá.

Notícias sobre:

Sobre o autor

Redação

Siga o site nas redes sociais, Instagram @breaktureal Twitter /Facebook @breaktudo

Comente

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *