Cinema e TV

Vídeo de menino de 13 beijando namorado gera polêmica na internet, veja do que se trata!

Reprodução/Internet

Um vídeo de um menino de 13 anos de idade beijando namorado de 14 anos em seu aniversário caiu na internet e tem muita gente revoltada com isso, alguns conservadores estão culpando a Rede Globo por conta dos debates de sexualidade e até Pabllo Vittar. O menino tinha 12 anos e fez o aniversário de 13 anos agora. 

No vídeos os país dos garotos cantam uma música erótica na hora dos parabéns e aí entre o debate entre gays e héteros conservadores, veja a opinião dos dois lados.

Independente de qualquer coisa, o conteúdo vídeo das duas crianças se beijando cantando a música erótica está muito errado, os pais não deveriam ter consentido, muito menos incitado a execução de músicas eróticas, isso independente de ser um casal homossexual ou heterossexual, está errado porque eles são duas crianças e talvez não tenho discernimento sobre esses assuntos.

O youtuber Rafael Supernok que é assumidamente gay publicou um vídeo sobre o assunto. No vídeo o youtuber fala que acredita que a situação realmente não deveria ter acontecido pelo fato dos dois serem muito novos, um tem apenas 13 anos, logo eles deveriam começar a se beijar quando fossem mais velhos. Rafael também falou a música erótica que a família não deveria estimular comportamentos sexuais nos filhos, pois é algo que acontece naturalmente quando tem que acontecer. Mas Rafael acha que tirando a música erótica que cantaram, que com certeza não é algo normal, o beijo de adolescentes é algo normal que acontece mesmo e se fosse um casal hétero ( formado por uma menina e um menino) o vídeo não teria tomado a proporção que tomou. Rafael contou no vídeo que ele viu comentários nos vídeos do tipo (viados tem quem morrer) e (tem que tocar fogo nessas crianças), quanto a esses comentários, o youtuber acha que os conservadores estão muito errados por estarem sendo homofóbicos.

O youtuber Gabryel Cassiano também comentou sobre o assunto:

Kel React também reagiu:

Agora os conservadores publicaram vídeos detonando muito o vídeo, muitos fizeram correto por falar apenas das atitudes erradas que contem no vídeo, como por exemplo os país incentivando os filhos a cantarem uma música erotica, elas são crianças ainda e não deveriam cantar essas coisas. Porém, outros a situação para detonar a comunidade LGBT e culpa a Globo e  Pabllo Vitar por conta disso.

Opinião dos internautas

 

Pabllo Vittar não induz ninguém a cantar músicas eróticas, agora muitos funkeiros cantam música erótica de fato e as crianças ouvem essas músicas, o grande problema mesmo para os conservadores que tem preconceito contra gay foi o fato de serem dois meninos se beijando.  A Rede Globo passou recentemente uma novela que falava sobre uma personagem transsexual, porém, ela não induziu ninguém a ser transsexual, apenas mostrou o que essas pessoas sofrem  nas ruas e dentro de casa por conta da incompreensão.  A mesma trama da Globo, A Força do Querer, tinha um personagem gay, a Globo também não induziu ninguém a ser gay, apenas mostrou a realidade da vida de um homossexual.

Os gays nascem gays, o que acontece é que muitos ficam dentro do armário e em determinado momento de suas vidas decidem sair. O objetivo da novela da Globo foi combater o preconceito que essas pessoas sofrem por serem o que são, elas são espancadas nas e motivo de chacota nas salas de aula do Brasil inteiro, pois o preconceito do ser humano é muito grande.

Diogo Paródias fez um vídeo bem humorado sobre a situação, que é bem complicada.

Curta nossa página e siga-nos no Instagram @breaktudoreal e no Twitter @breaktudo

Sobre o autor

Redação

Escrito pela equipe do BreakTudo. Siga o site nas redes sociais, Instagram @breaktureal Twitter /Facebook @breaktudo