Connect with us

Entrevistas

ENTREVISTA: TEMPEST fala sobre último comeback ‘ON and ON’ e revela seus momentos favoritos durante as gravações

Publicado

on

Reprodução/Divulgação [@TPST__official]

TEMPEST é um grupo multitalentoso que foi criado pela empresa Yuehua Entertainment. Nele, os integrantes Hanbin, Hyeongseop, Hyuk, Eunchan, LEW, Hwarang e Taerae estão conquistando o cenário musical desde o seu debut, criando conceitos, inovações e exibindo encantos a cada trabalho que fazem juntos.

Ao todo, são mais de 2 milhões de seguidores que acompanham a rotina do grupo, incluindo o Spotify, no qual eles se aproximam de 200 mil ouvintes na plataforma, mostrando o seu crescimento a cada incrível e conceitual comeback. 

Recentemente, eles lançaram ‘ON and ON’, um EP que conta com quatro faixas, mostrando toda essência do grupo. Iniciando por ‘Taste The Feeling’, podemos notar toda a harmonia nos vocais e batidas, desempenhando um papel fundamental para o TEMPEST ser um grupo com poder, impacto, mas ao mesmo tempo, que leva melodias refrescantes para seus ouvintes.

 

Em uma entrevista com o BreakTudo, o grupo falou mais sobre o último retorno, revelaram seus momentos favoritos durante as gravações do MV, e claro, falaram sobre o amor do iE. A pronúncia de cada letra em inglês, forma o trocadilho “eye” (olho, em inglês). O significado é que o fandom será o “olho” da tempestade (TEMPEST). 

Em primeiro lugar, gostaria de dizer parabéns ao grupo! O TEMPEST é um grupo recente, mas vocês já estão ganhando muitos fãs ao redor do mundo. Você poderia nos dizer qual é a maior diferença que o grupo notou desde o início da carreira até hoje?

LEW: Acho que a mudança mais significativa é a responsabilidade de nossos membros. Como muitas pessoas se juntaram para gostar do TEMPEST, nós ganhamos essa responsabilidade e precisamos retribuir com melhores músicas, apresentações e visuais.

Nos tempos de trainee, quais eram suas motivações para não desistir?

HANBIN: Me lembro da minha família, que confiou e me apoiou durante meu período de treinamento no exterior. Além disso, nunca desisti por causa da confiança e da espera dos meus fãs.

HWARANG: Embora meu período de treinamento estivesse ficando mais longo do que o esperado, eu não conseguia ver o fim. Meus pais sempre confiaram e ficaram ao meu lado até eu conseguir. Graças a todas as palavras de apoio e a fé que sempre me deu força, eu poderia ter me tornado um membro do TEMPEST sem desistir.

Criar seu próprio estilo dentro da indústria da música requer muita dedicação, inspiração e muito trabalho duro. Qual conselho você pode dar para quem quer entrar neste setor?

HYUK: Se você tem um propósito ou quer algo, trabalhe duro! Seus esforços nunca irão te trair.

Ouvi seu novo EP “ON and ON” e o projeto é incrível. Também pude observar um feedback muito positivo dos fãs. Você poderia dizer qual música do álbum tem um significado especial para todos os membros e motivo?

HYEONGSEOP: Acho que é a música-título, ‘Dragon’. A faixa-título é 180% diferente do que mostramos no primeiro e no segundo álbum. Foi uma aventura para todos nós, e tanto quanto foi uma aventura, também foi significativo

TAERAE: Eu também penso, ‘Dragon’. Eu tinha que mostrar um conceito oposto ao álbum anterior, então pensei nisso e pratiquei. Mas acho que é uma excelente oportunidade para mostrarmos um lado diferente de nós mesmos.

Qual foi o melhor momento que vocês tiveram enquanto gravavam ‘Taste the Feeling’? Aconteceu algo engraçado durante as gravações ou algo que vocês nunca irãoi esquecer?

HANBIN: Taste The Feeling’ foi o videoclipe mais agradável que já gravei. Sobremesas, bebidas e pipocas foram usadas como adereços, e eu me diverti muito comendo tudo isso com os membros. A pipoca estava um pouco salgada, mas estava deliciosa, então, eu comi bastante durante as filmagens.

EUNCHAN: Quando estávamos filmando no set do cinema, a pipoca não parava de cair ao meu redor, então eu me lembro de limpar tudo juntos. Comi pipoca, usei óculos 3D e viver isso foi muito divertido.

 

Recentemente, você teve sua primeira vitória no Show Champion com ‘Dragon’. Os fãs ao redor do mundo reagiram positivamente e ficaram felizes com isso. O que vocês fizeram para comemorar essa vitória?

LEW: No primeiro dia após a conquista do primeiro lugar, estávamos no “2022 MAMA AWARDS” em Osaka, no Japão. Não pude esconder a alegria com a notícia do primeiro lugar. Abracei nossos membros na sala de espera e fiquei mais feliz do que nunca. Terminada a programação, comemoramos comendo uma comidinha gostosa na pousada.

HYEONGSEOP: Enviei minha gratidão ao iE (fandom) primeiro. Teria sido impossível se não houvesse o amor de todos os nossos fãs. Então, nós nos reunimos, trocamos palavras de bênção e tomamos uma firme resolução novamente sobre trabalhar mais duro com corações humildes, assim, nos tornamos artistas sinceros no palco.

Sendo um grupo incrível e amigos, você poderia me dizer quais são os objetivos para o grupo no futuro e quais são os aspectos mais positivos de trabalhar e viver como um grupo?

LEW: O TEMPEST se tornará o melhor time para influenciar as pessoas e entretê-las com músicas e apresentações. E nesse processo, todos os membros terão tempo para se desenvolver com isso. Os membros serão o espelho um do outro, e acredito que o iE estará conosco.

HANBIN: Seria bom ter um dia em que TEMPEST fosse chamado de “lendas”. Quero ser um time que recebe o amor dos fãs de todo o mundo com ótimas músicas e apresentações. Não tenho medo de nada porque nós sete nos ajudamos e estamos sempre juntos.

Que tipo de mensagem o grupo gostaria de transmitir aos fãs ao redor do mundo?

HYEONGSEOP: Em primeiro lugar, quero agradecer e amá-los. Como artista, quero retribuir com ótimas músicas e apresentações, me tornando uma pessoa como uma vitamina que te deixa feliz. Vamos crescer cada vez mais para que possamos atender a cada iE, então, por favor, esperem por isso.

HYUK: TEMPEST é um grupo que continua a avançar. Como a história de nossa música, queremos dizer a você: “Vamos seguir em frente por nossos sonhos, não desista e vamos ficar juntos“. Queremos que o TEMPEST tenha um impacto positivo nos fãs de todo o mundo.

No Brasil, temos alguns gêneros musicais como: Funk, Bossa Nova, Samba e vários outros que também estão aparecendo em algumas músicas coreanas. Você já teve a oportunidade de ouvir gêneros/artistas brasileiros?

LEW: Eu já ouvi Bossa Nova antes. Entre a música coreana, gosto de “I’ll write you a letter” de IU e “The Blue Night of Jeju Island” de Sung Si Kyung. No começo eu não conhecia bem o gênero Bossa Nova, mas depois que conheci através da música coreana, me interessei por gêneros musicais mais diversos.

HYUK: Gêneros famosos como Punk e Samba que estão incluídos em muitas músicas. Estava na moda na Coreia também! Enquanto ouvia muitos gêneros de música, me deparei com muitos deles!

Que tipo de novo conceito você gostaria de explorar e com qual artista o grupo gostaria de colaborar algum dia?

EUNCHAN: Eu sou responsável pelos vocais, mas gosto de hip-hop. Então, eu quero tentar o conceito Old-school.

HWARANG: Pensei em fazer um conceito como curtir uma em um clima tropical do gênero. Quero fazer boa música com Zico, ele é uma fonte de inspiração e gosto muito dele.

Acho que você sabe que tem muitos fãs aqui na América do Sul, principalmente no Brasil, certo? Como você se sente sabendo que os fãs literalmente do outro lado do mundo estão apoiando cada um dos seus sonhos?

HYUNSEOP: Eu acho incrível e um sonho. O apoio e a torcida do iE em todo o mundo são nossa força maior. Acho que é um milagre encontrar fãs distantes através da música. Valorizaremos esse relacionamento e nos tornaremos um grupo que cresce cada vez mais.

TAERAE: Sou muito grato que as pessoas nos apoiem e nos amem de longe. Mal posso esperar para conhecer cada iE. Vou tentar o meu melhor!

Você gostaria de deixar uma mensagem para as pessoas que estão lendo esta entrevista?

LEW: Quanto mais você nos conhece, mais divertido e charmoso é o TEMPEST. Por favor, continue a mostrar o seu interesse e amor. Nós nos tornaremos um artista que poderá lhe trazer risos, esperanças e amor.