Connect with us

Música

T.O.P do BIGBANG foi encontrado inconsciente após tomar uma dose grande de tranquilizantes e internautas se comovem

Published

on

T.O.P (Reprodução/Internet)

Neste momento a hashtag #StayStrongTOP está em primeiro lugar nos Trending Topics do Twitter no Brasil, ela é uma corrente feita pelos fãs do rapper T.O.P do grupo de k-pop BIGBANG . Segundo informações do estúdio do grupo BIGBANG, a YG Entertainment, T.O.P foi encontrado inconsciente após tomar uma dose grande de tranquilizantes.

Ele foi levado ao hospital e está na UTI. Apesar de boatos de que o músico já teria recuperado a consciência, a YG Entertainment ainda não confirmou a notícia, os fãs do artista e do grupo que ele faz parte aguardam apreensivamente notícias da melhora dele.

De acordo com o Uol Música, o incidente ocorreu um dia depois que o cantor foi detido por acusações de fumar maconha. T.O.P vem atendendo o serviço militar obrigatório como policial recrutado desde fevereiro e seu serviço será suspenso até que o tribunal chegue a uma decisão. O uso de maconha é proibido na Coreia do Sul e pode ser punido com um máximo de cinco anos de prisão ou multa.”

Sobre T.O.P

Tem 29 anos de idade, além de cantor, é modelo e ator, ele é conhecido por ser o rapper principal do grupo BIGBANG.

Veja abaixo os tweets dos fãs:

Continue Reading
Advertisement
1 Comment

1 Comment

  1. Rafson D. Nosfar

    07/06/2017 at 02:59

    A Coreia é o perfeito exemplo que nem todo pais de primeiro mundo é tão bom de se viver, enquanto uma pessoa pode pegar 18 meses de cadeia por fumar maconha, ela é uma dos países com maior índice de dependentes de álcool; e pior ainda, lá tem uma lei que se você cometer um crime enquanto bêbado, você só pega até 1 ano de prisão (imagino que crimes gravíssimos devem ser excluídos disso, assim espero). Nem vou falar da gigantesca indústria de prostituição, do conservadorismo hiper extremista e que lá tem um dos maiores índices de suicídio do mundo. Antes eu criticava o Japão, mas agora lá até parece um paraíso comparado a Coreia.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *