Connect with us

Música

Revista Fobers detona álbum de Britney Spears “Glory” e diz que é surpreendente o fiasco

Publicado

on

Capa do álbum "Glory" (Reprodução/Internet)

Capa do álbum “Glory” (Reprodução/Internet)

O que era para ser um dos álbuns mais vendidos de 2016, apesar do ano ainda não ter começado, acabou decepcionando. “Números de vendas e investimento em popularidade não são tudo, mas parece que os dias de Britney Spears no topo das paradas chegaram ao fim, pelo menos por agora”, diz a matéria da Forbes. Diz ainda:“já é um surpreendente flop”, flop quer dizer fiasco. 

“Em sua sexta semana nas paradas, ‘Glory’ já afundou para a posição incrivelmente baia de 138º lugar. E chocante para uma estrela tão grande quando Spears, e é mais decepcionante considerando quantos álbuns estão acima dela e há quanto alguns deles foram lançados” , fala o jornalista Hugh McIntyre. 

+JoJo está de volta e vai lutar pela sua carreira, ouça o novo álbum da cantora “Mad Love”

“Nesta semana, ‘Glory’ acabou menos popular que discos como ‘Curtain Call: The Hits’ (lançado em 2005), de Eminem, ou ‘In the Lonely Hour’ de Sam Smith, ‘21’ de Adele, o álbum surpresa ‘Beyoncé’ e muitos, muitos outros. Todos os mencionados foram grandes sucessos, mas já saíram há anos, e é estranho ver um álbum novo, que era para ser um sucesso, abaixo de outros que já moveram milhões e não estão mais sendo promovidos”, disse o jornalista que assinou a matéria.

“3º lugar não é ruim para a maioria dos artistas, mas não para alguém como Britney: não é uma maneira estelar de começar uma ‘nova era’. De fato, a posição marcou sua segunda posição mais baixa para um lançamento, logo atrás de seu último álbum, ‘Britney Jean’, que ficou com 4º lugar. ‘Glory’ começou com 110 mil unidades equivalentes, o que mal bate sua pior semana de vendas por três mil unidades”, fala a a reportagem lembrando que “Glory” estreou no terceiro lugar na “Billboard 200”, parada de álbuns americana.

“Até agora, nenhum segundo single foi anunciado, mas é totalmente possível que a RCA, gravadora da Britney, investirá dinheiro para mandar outra música para as rádios e gravar um clipe. O álbum foi bem recebido por muito veículos, e é uma compilação de chicletes, faixas radiofônicas, todas provavelmente se sairiam muito melhores do que ‘Make Me…’ dada a oportunidade e os recursos adequados”, diz o texto da Forbes. 

Para aliviar a critica o texto diz,”felizmente, enquanto ela não produz sucessos nas paradas, sua carreira ainda é invejável, graças à sua residência de shows em Las Vegas. Entre 2015 e 2016, ela arrecadou US$ 30 milhões, e vai continuar ganhando muito com as multidões que vão lá só para vê-la”.

Apesar das criticas que álbum e o single receberam, os fãs continuam defendendo a artistas. Vale lembrar que Britney lançou “Make Me”  no mesmo dia que Katy Perry lançou “Rise” e de inicio a música de Katy teve melhor desempenho nas tabelas. 

Leia também:

+Meus Prêmios Nick 2016: Fãs fazem campanha para Matheus e Kauan, Luan Santana e MC Gui ganharem prêmios

+Maria Claudia (Cacau) diz que está solteira, mas não está disponível

+Marina Ruy Barbosa é eleita a mulher mais sexy do mundo por revista, saiba mais!

+“Sorry” do Justin Bieber é oficialmente o clipe mais visto do VEVO

Advertisement
1 Comment

1 Comment

  1. BS

    18/10/2016 at 00:22

    E..quem,liga?O..álbum,é,ótimo!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *