Connect with us

Internet

Quem é Margarida Bonetti? A mulher da Casa Abandonada que tentou tomar cachorra dos braços de Luisa Mell 

Publicado

on

Margarida e Luisa (Reprodução/Instagram)

Há vários dias o caso da Mulher da Casa Abandonada ganhou destaque na mídia brasileira depois de viralização de um podcast de Chico Bonetti. Nesta última quarta-feira (20), a mulher que se chama Margarida Bonetti, novamente virou notícia na mídia, desta vez por ter sido alvo de uma operação policial para averiguar sobre maus tratos aos animais.

Luisa Mell, que é ativista de causas animais, e o jornalista estiveram no casarão para acompanhar a operação. A operação foi transmitida ao vivo pelo Instagram no perfil de Luisa Mell e a cena quem mais repercutiu nas redes sociais, foi Margarida retirando suas cachorra dos braços de Luisa.

O nome de Luisa Mel inclusive foi parar nos assuntos mais comentados do Twitter durante o dia por conta do ocorrido.

Mas quem é Margarida Bonetti?

O jornalista Chico Felitti tem podcast chamado “A mulher da Casa Abandonada” e esse podcast viralizou muitos nas ultimas semanas. O projeto fala sobre Margarida Bonetti, uma mulher que é acusada de manter outra mulher em situação análoga a escravidão por 20 anos nos EUA.

No último episódio do Podcast, Margarida se defendeu da acusação, dizendo a Chico Felliti, que não sabia que a empregada não recebia salários e ainda se disse vítima de uma grande conspiração.

“Eu não sou essa pessoa que inventaram. Eles in-ven-ta-ram uma pessoa, porque essa Vic Schneider, por vingança, ela começou a fazer as coisas de raiva da gente, e depois porque ela queria a amiga dela pertinho dela. Ela é uma pessoa voluntariosa, essa Vic Schneider. Ai de quem passe na frente dela e faça o que ela não quer. Que é o que aconteceu com a gente. Nós compramos a tal da casa, ela não queria porque ela queria a amiga dela lá”, disse Margarida.

O podcast é muito grande e difícil de resumir, para entender a história melhor, assista ao podcast, abaixo o sétimo episódio.

Advertisement
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *