Connect with us

UpdateChart

Qatar pede para que torcedores não demonstrem carinho homoafetivos durante Copa do Mundo de 2022

Publicado

on

(Imagem reprodução: Google Imagens)

Como todos já sabem, a Copa do Mundo de 2022 será sediada pelo país Qatar. Mas o que a maioria das pessoas talvez não saiba é que, como muitos dos países do Oriente Médio, no Qatar a homossexualidade é ilegal.

Na última terça (30),  o presidente do comitê organizador da Copa em Qatar, Nasser Al-Khater, deu uma declaração à CNN, no mínimo, infeliz em relação à comunidade homossexual (torcedores e jogadores) que irá ao seu país:

“Eles virão ao Qatar como torcedores e participantes de um torneio de futebol e poderão fazer o que qualquer outro ser humano faria. As demonstrações de afeto são desaprovadas e isso se aplica a todos.”

Nasser Al-Khater (Imagem reprodução: Google Imagens)

Nasser continuou dizendo que espera que respeitem a cultura de seu país e dos territórios vizinhos nos quais são mais conservadores:

“(…) Temos certeza que o farão, assim como respeitamos as diferentes culturas, esperamos que a nossa também seja.”

Há algumas semanas,  o jogador australiano Josh Cavallo, que se assumiu gay recentemente, afirmou durante entrevista ao podcast Guardian’s Today  in Focus, estar com medo de participar do torneio no país:

“Eu li algo no sentido de que (eles) dão a pena de morte para gays no Catar, então é algo que tenho muito medo e realmente não gostaria de ir ao Catar para isso.”

Jogador australiano Joshua Cavallo (Imagem reprodução: Google Imagens)

 

 

Se Liga!  Ainda não nos segue no Instagram? Corre lá, nosso @ é @breaktudosite, voce pode nos seguir também no Twitter @breaktudo e no Facebook BreakTudo, aguardamos você lá.

Advertisement
Clique para comentar