Famosos

Luca Moreira comemora 2 anos de carreira e faz depoimento: “o jornalismo mudou minha vida”

Luca Moreira (Reprodução/Internet)

Nessa semana, Luca Moreira celebrou nas suas redes sociais o sucesso de seus primeiros 2 anos de carreira. O jornalista que é conhecido pelas entrevistas que faz, escreveu um texto para celebrar todo o sucesso que conseguiu fazer no curto período de tempo. Em seu texto, ele faz uma análise de toda a sua história, fala das 228 exclusivas que colocou no seu portfólio e ainda mostra uma motivação aos jovens investirem em seus projetos.

“O começo é sempre uma coisa difícil, ainda mais quando experimentamos colocar o nosso rosto para o mundo lá fora, onde poucos realmente o ajudam a subir e esticam a mão para que você mostre do que é capaz.

Dois anos se passaram desde que descobri o que realmente eu escolheria como estudo para o meu futuro, e passei a investir fundo nele. Foram muitos os nãos e os foras que levamos, porém tivemos muito para compensar. Vieram 220 histórias fantásticas que tive o prazer de vivenciar através de entrevistas (uma mais surpreendente que a outra), 8 sites diferentes por quais entrei e deixei a minha marca lá antes de criar o meu, que hoje tem mais de 100 mil acessos e uma média de 10 a 11 mil por mês, milhares de colegas e parceiros de trabalho e que muitos fico feliz em agradecer por estarem a cada dia presente. Entre as que posso destacar estão: Esdras Ribeiro (me colocou no meu primeiro site em dezembro de 2017, o “Almanaque Mídia”), Chiara Martelotta (na época estagiária da agência Cercon, que me ofereceu as minhas duas primeiras entrevistas), Roberta Maia (que mesmo distante, acreditou em mim a ponto de me ajudar a tirar meu registro profissional, investindo R$ 300,00 lá de São Paulo), Kamila Garcia (da NonStop, que sempre está pronta pra me ouvir), e os mais importantes que são testemunhas todos os dias tanto no meu estudo quando no meu projeto, os meus pais Vladimir e Lucia, que estão sempre do meu lado, por todas as vezes que eu já pensei em largar, que eu fiquei desanimado, eles estavam lá do meu lado, e tenho muito orgulho deles também, de ver o quanto batalham para sempre conseguirem voltar pra casa todos os dias e dar felicidade para nossa família. Eu espero um dia poder conseguir ter o amor deles e retribuir tudo o que eles fazem, pois eles sim são verdadeiros em tudo o que fazem e em cada opinião que colocam sobre mim.

Além desse histórico principal todo, foram muitos os outros projetos de experiência em que me submeti: menor aprendiz em companhia de teatro (que apesar de não ter dado muito certo, não me arrependo nem um pouquinho do contato que tive lá), assessoria de imprensa, ajudei e trouxe felicidade a algumas pessoas (afinal, alguém fez isso por mim lá no começo), assessoria de campanha política (uma experiência que foi totalmente nova), 13 artigos escritos sobre os mais variados temas para o Jornal Estaciente (jornal universitário impresso da Estácio) e por final: a minha faculdade dos sonhos, onde nenhum momento foi triste, e nem imagino ser.

Não sei como o mundo lá fora vai estar daqui a 3 anos, porém não vou desistir tão fácil assim. O futuro de ninguém é certo, todos podemos ter momentos de quedas, o importante é se levantar de novo e lembrar do que lhe trouxe até aquele momento, e que apesar de quantas pedras tentarem te acertar, ou de quantas farpas tentarem machucar você, irá sempre provar que você é capaz e que você pode vencer o mundo com sua própria mente.

O final que eu tenho para dizer é que a sua idade não diz nada sobre o seu potencial: você tem toda a capacidade dentro de você, basta se erguer e praticá-la. ”

Se Liga!  Ainda não nos segue no Instagram? Corre lá, nosso @ é @breaktudoreal , voce pode nos seguir também no Twitter @breaktudo e no Facebook BreakTudo, aguardamos você lá.

Sobre o autor

Luca Moreira

Luca Rocha Moreira nasceu em Niterói – RJ, no dia 14 de maio de 1998. Descendente de família mineira por parte de mãe, é filho da funcionária pública Lucia Maria Rocha da Silva e do designer gráfico Luiz Carlos Falcão Moreira. Estudou a infância toda em rede particular de ensino e durante o ensino médio, cursou integração com técnico em engenharia naval pela Escola Técnica Estadual Henrique Lage, unidade componente da Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro, onde participou de diversos protestos relacionados ao grêmio estudantil.

Enquanto estava cursando a escola, iniciou um curso de interpretação teatral na Oficina Social de Teatro, onde teve seu primeiro contato com as artes cênicas, onde recebeu aulas do ator e professor Alécio Abdon, porém se retirou do curso por motivos de dificuldade em interpretar seus personagens. Ainda no segundo grau, montou uma página no Facebook, onde começou a falar de múltiplos assuntos, entre eles esportes, nutrição e cultura. Em março de 2016 foi descoberto pela produtora teatral Grazi Luz, dona da Fazart Produções Artísticas, quando recebeu seu primeiro convite para ser aprendiz de comunicação da companhia, ainda que com 17 anos.

Seu interesse pelo jornalismo teve início alguns meses após sair da produtora, quando começou a publicar artigos no “Almanaque Mídia” na época comandado por Esdras Ribeiro. Algumas semanas depois do fechamento do portal, foi abordado pelo jornalista brasiliano Daniel Neblina, que o convocou para integrar o time de colunistas do “RegistroPop”, onde despontou como entrevistador-chefe do veículo, foi aí que iniciou sua carreira como jornalista.








Siga no Twitter