Brasil Notícias

LGBT: Hoje deve acontecer julgamento de ações que pedem a criminalização da homofobia

Bandeira LGBT (Reprodução/Internet)

O racismo é crime, é cruel e desumano, a homofobia também é, porém no Brasil ainda não é crime e por conta disso LGBTs continuam sendo descriminados fortemente. Tornar o racismo crime, não com a acabou com o racismo, ele se camuflou, e se tornar a homofobia um crime, isso pode acontecer também, mas de qualquer forma já é um grande avanço, pois a homofobia descarada como acontece no país será punida como determinar a lei, se aprovada.

A homofobia mata, ela não mata somente através de ataques homofóbicos não, ela mata também por dentro. Um jovem LGBT sofre muitos ataques, insultos, durante a escola e também o colégio e  isso acaba fazendo que muitos jovens fiquem depressivos e acabem tirando a própria vida, então é preciso reeducar a sociedade, para que crianças não cresçam preconceituosas, e que saibam respeitar o próximo independente de suas diferenças. Em 2017, no Brasil, foram 445 assassinatos de LGBTs no Brasil, é importante deixar claro, que esses assassinatos foram por crimes de ódio, pela vítima ser LGBT.

Então, homofobia é crime sim e deve ser combatida. De acordo com o G1, o Supremo Tribunal Federal (STF) começará a julgar nesta quarta-feira (13) se criminaliza a homofobia e a transfobia. Duas ações na Corte alegam demora e omissão do Congresso Nacional em legislar sobre o tema. Os relatores são os ministros Celso de Mello e Edson Fachin.

O PPS e a Associação Brasileira de Gays, Lésbicas e Transgêneros (ABGLT) pedem a criminalização de todas as formas de ofensa, individuais e coletivas, homicídios, agressões e discriminações motivadas pela orientação sexual e/ou identidade de gênero, real ou suposta, da vítima.

Paulo Lotti, representante da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Intersexuais (ABGLT) tem esperança que a homofobia seja criminalizada: “Tenho certeza que o STF reconhecerá o dever constitucional do Congresso Nacional em criminalizar a homofobia e a transfobia. Tenho muita esperança que ele as reconheça como crime de racismo, na acepção político-social de raça e racismo que o STF já afirmou, num famoso julgamento que ocorreu na década passada, sobre antissemitismo. Lembrando que há pareceres favoráveis da Procuradoria-Geral da República para tanto”.

 

Se Liga!  Ainda não nos segue no Instagram? Corre lá, nosso @ é @breaktudoreal , voce pode nos seguir também no Twitter @breaktudo e no Facebook BreakTudo, aguardamos você lá.

Notícias sobre:

Sobre o autor

Redação

Siga o site nas redes sociais, Instagram @breaktureal Twitter /Facebook @breaktudo








Siga no Twitter