Connect with us

Música

Izzy La Reina lançará novo single “Aléjate” na próxima sexta-feira (14)

Publicado

on

Despontando como uma das apostas brasileiras da cena latina, a carioca lança seu novo single na sexta-feira (14) acompanhando de um clipe filmado em Los Angeles

Capa de Aléjate de Izzy La Reina (Foto: Divulgação)

No dia 14 de outubro, Izzy La Reina divulga seu novo single, “Aléjate”, música que, segundo a cantora brasileira, foi escrita baseada em seus antigos relacionamentos amorosos e também em suas relações pessoais de quando viveu no Brasil. Com áudio disponível a partir da meia-noite, e videoclipe saindo na sexta-feira, meio-dia, a música teve um trecho divulgado pela cantora em abril de 2022, em sua conta do Tik Tok, e rapidamente viralizou, obtendo milhares de visualizações e compartilhamentos.

Izzy se mudou para São Francisco, Estados Unidos, pela primeira vez, quando tinha apenas 14 anos, mas voltou ao Brasil algum tempo depois e assinou um contrato com a Som Livre Gospel, por onde lançou seu primeiro EP, ainda como Israela Claro. Ao decidir migrar para a carreira secular, Izzy sofreu retaliações de alguns de seus amigos e familiares que não aceitavam a decisão da cantora. Mesmo com as resistências, ela decidiu seguir seus projetos e embarcou com pouco dinheiro e sem conhecidos para Los Angeles, cidade onde anos depois encontrou sua atual gravadora, TMG Records, e lançou seu primeiro single, Diabla.

A cantora conta que “Aléjate” é a sua reação a esse período de sua vida, onde precisou se priorizar e amar mais a si mesmo do que a terceiros, como expressa em parte da música “ Eu te amo, mas eu me amo ainda mais”. Se você quer velejar comigo, então venha / Mas se você vai me atrasar, embora eu te ame muito, fique longe / Eu sei onde quero ir, você não me impede mais/ Por você eu não vou parar, melhor você se afastar. Os versos são embalados por elementos de reggaeton, mas com uma voz típica de R&B que Izzy possui.

A cantora preza em todos os seus trabalhos pela autoconfiança e pelo empoderamento feminimo. E, segundo ela, parte desse empoderamento é permitir-se ser vulnerável. Essas não são visões que se opõem, mas que se completam, segundo a cantora.