BBB 19 Cinema e TV

Ganhadora do BBB 19, Paula Sperling é intimada a depor sobre intolerância religiosa

Paula (Reprodução/Internet)

Paula Sperling é a grande vencedora do BBB 19, que terminou na noite de ontem (12). Agora fora da casa ela irá pode depor sobre o caso de intolerância religiosa, no qual ela é investigada.

De acordo com informações do Jornal Extra, vai depor na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) já na próxima semana. Segundo informações da Polícia Civil do Rio, a loira é investigada por injúria por preconceito baseada em intolerância religiosa dentro da casa do BBB.

“A advogada dela já recebeu a intimação. O depoimento deverá ocorrer na quarta (podendo ser ajustada uma antecipação para terça)”, disse o delegado Gilbert Stivanello.

Apesar de Paula vim sendo chamada de racista nas redes sociais, por conta de suas falas polêmicas sobre pessoas negras, como na ocasião na qual ela se referiu a homem negro como carvão, não por isso que ela vem sendo investigada.

Após uma conversa com Diego e Hariany, Paula disse que tinha medo de Rodrigo por ele ter contato com “esse negócio de Oxum”. Ela também declarou que “nosso Deus é maior”.

“A mãe da minha avó é branquinha do cabelo lisão, igual índia. E o pai dela era carvão. Tiveram os filhos tudo preto, branco, preto, branco, e minha avó é uma preta, e a irmã dela é uma branca do cabelo lisão. E minha avó tem cabelo ruim, né?”, disse Paula dentro de reality show.

Fora da casa, Paula disse que vai se retratar:

“Eu não tenho noção do que está acontecendo aqui fora. Não sei bem o que fiz e falei. Só tenho noção de que falo coisas desnecessárias 24 horas por dia. Vou me retratar com todo mundo. Fui eu mesma e não medi as palavras “, disse a loira.

Mesmo sendo processada, ganhei R$ 1,5 milhão e vou encarar tudo que tiver por vir — prometeu Paula. — O que eu aprendi nessa experiência é que tenho que falar menos —, declarou

Notícias sobre:
Curta nossa página e siga-nos no Instagram @breaktudoreal e no Twitter @breaktudo