Felipe Neto é certeiro ao dizer que: "a gente vive em país onde caçar gay dá voto" e é aclamado por internautas, confira! | BreakTudo
Internet Notícias

Felipe Neto é certeiro ao dizer que: “a gente vive em país onde caçar gay dá voto” e é aclamado por internautas, confira!

Felipe Neto (Reprodução/Internet)

Nesta última segunda-feira (18), o youtuber e empresário Felipe Neto foi o convidado do programa Roda Viva, apresentado por Vera Magalhães. No programa, Felipe foi recebeu perguntas de vários jornalistas como Rachel Sheherazade e também recebeu perguntas do público.

Um dos momentos altos foi quando Felipe Neto falou sobre o episódio no qual ajudou a combater a censura de Marcelo Crivella na Bienal do Livro de 2019. Na ocasião o prefeito do Rio de Janeiro decidiu retirar os exemplares de um livro no qual tinha dois homens se beijando,  foi aí que Felipe comprou 14 mil livros de temática LGBT para distribuir na Bienal de graça.

Todo mundo viu a ação de Crivella como um ato de censura, Felipe disse disse no Roda Viva, que a ação de comprar 14 mil livros com com temática LGBT para distribuir na Bienal do Livro teve mais pessoas envolvidas, pessoas que ajudaram a tornar aquilo possível e que assinou o cheque e teve a ideia, mas não pode levar todo o crédito por essa ação.

Felipe Neto foi certeiro ao dizer que “a gente vive em país onde caçar gay dá voto”, muita gente concordou com ele e comentou isso no Twitter, mas muita gente também não concordou, sabemos que em tudo há quem concorda e quem discorda.

Pode parecer exagero para muitos o youtuber dizer que “a gente vive em país onde caçar gay dá voto”, mas a realidade é que não é um exagero. A gente sabe que a homofobia existe, que muitos pessoas não gostam de gays ou lésbicas, muitas dessas pessoas são evangélicas e elas tem um certo medo ou raiva dos LGBTs, porque muitos pastores pregam nas igrejas que gays vão para o inferno, que é pecado, que é isso e que é aquilo, muita gente não gosta de LGBTs e isso é fato, não precisamos alongar aqui posts, basta buscar no Google.

Então, essas pessoas que não gostam de LGBTs se sentem representadas por políticos que também não gostam de LGBTs e fazem coisas contra LGBTs. Retirar um livro da Bienal porque na capa tem dois homens se beijando, é algo contra os LGBTs, porque se fosse um homem uma mulher se beijando, ninguém teria reclamado, isso é claro.

Pessoas homofóbicas se setem representadas por políticos que dizem que gay desvaloriza imóvel, que se ver dois homens se beijando na rua vai bater, que prefere ter um filho um morto em acidente do que ter um filho homossexual.

Dá play para assistir ao vídeo:

 

Se Liga!  Ainda não nos segue no Instagram? Corre lá, nosso @ é @breaktudosite, voce pode nos seguir também no Twitter @breaktudo e no Facebook BreakTudo, aguardamos você lá.

Notícias sobre:

Sobre o autor

Redação

Siga o site nas redes sociais, Instagram @breaktudosite Twitter /Facebook @breaktudo

Comente

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *