Connect with us

Brasil

FAKE NEWS? Porque notícias envolvendo fraude no Spotify sobre os números de ‘Envolver’ é contraditória

Publicado

on

Nas últimas horas, diversos veículos jornalísticos noticiaram que, Anitta ter atingido o número 1 global de um dos maiores aplicativos de streaming do mundo, o Spotify, com ‘Envolver’, foi uma farsa. Porém essas informações não são verdadeiras.

O Spotify possui filtros para combater qualquer tipo de irregularidade nos streaming, sejam elas por VPN (programa que esconde o seu endereço IP ou muda sua localização), flood (quando você ouve a música “trocentas” vezes em looping), contas piratas, entre outros. A contagem das reproduções de uma música se encerra todos os dias às 21h (horário de Brasília), durante esse tempo até a próxima atualização, que varia de acordo com o dia e os lançamentos na plataforma, são quase 12 horas para filtragem das irregularidades, portanto, tudo é bem seguro e totalmente verídico.

‘Envolver’ começou a viralizar depois de um fã brasileiro de Anitta ter publicado um vídeo no ‘Tik Tok’ da cantora fazendo o famoso ‘El paso de Anitta’, como ficou conhecido no mundo todo. Desde então, a música veio crescendo no mundo todo, especialmente nos países latinos como México, Colômbia e Peru. O diferencial disso tudo é que, quando a música começou a ganhar forças fora do país, no Brasil ela não se encontrava nem no Top 100 das mais escutadas da plataforma.

Com o crescimento espontâneo, Anitta começou a postar e trabalhar mais a divulgação da música nas suas redes sociais, reproduzindo e ensinando o ‘challenge’ e repostando todos os vídeos de pessoas do mundo todo fazendo o passinho que viralizou.

Com o challenge crescendo no ‘Tik Tok’ e atingindo novos públicos, a música entrou no Top 50 Global do Spotify e com isso, foi ganhando mais visibilidade no Brasil. No dia 17 de Março, com mais de 2 MILHÕES de reproduções a música se configurou no Top 20 Global, e desses 2 milhões de plays, pouco mais de 500 mil vieram do Brasil, ou seja, isso representa apenas 26% do total das reproduções deste dia.

A repercussão foi tão grande, que no dia 23 de março o Brasil literalmente parou para colocar a Anitta no topo do Spotify, se você entrou nas redes sociais daquela quarta-feira, você viu que só apareceu notícias sobre a Anitta estar escalando a parada global.

E finalmente saiu a notícia que o mundo não acreditou, ‘Envolver’ de Anitta atingiu o Top 1 Global do Spotify no dia 24 de março, com um total de 6.3 milhões de reproduções. Não apenas atingiu o topo da plataforma, como quebrou diversos recordes e um deles foi o de primeira artista latina da história a colocar uma música solo em #1 no Spotify Global, ultrapassando nomes como Karol G e Kali Uchis.

A questão é, desses 6 milhões de plays que colocaram a Anitta no topo, quantos foram do Brasil? Depois de toda repercussão no país, óbvio que as reproduções brasileiras seriam expressivas, e foram, mais de 4 milhões vieram do país de origem de Anitta, o que corresponde a mais de 60% do número total de reproduções desse dia.

Agora a pergunta que não quer calar, tem algo de errado ou algum fraude nisso? A resposta é simples: NÃO. Não tem nada de errado ou irregular nesse feito histórico alcançado pela Girl from Rio. Hoje, 13 de abril, a música continua no Top 10 Global do Spotify, com mais de 2.6 milhões de reproduções e um pouco mais de 500 mil vem do Brasil, então sim, a música é global, a música ultrapassou as fronteiras do Brasil e está sendo consumida no mundo todo, INCLUSIVE nos Estados Unidos, onde ela se encontra na posição #70 da ‘Billboard Hot 100’, maior parada musical dos EUA, que conta apenas o consumo da música em território americano. Feito esse que novamente fez Anitta quebrar recordes e rendeu a nossa brasileira o maior peak por uma música solo na parada americana, ultrapassando Karol G com ‘BICHOTA’.

Artistas como Ariana Grande, Adele, Olivia Rodrigo, The Weeknd, Jack Harlow, e diversos outros mundialmente conhecidos também já tiveram uma música com mais reproduções em seu país de origem e ninguém, nem a mídia, nem os americanos, questionaram a veracidade das reproduções ou o feito histórico atingido por eles. Porque que com a Anitta é diferente? Porque que uma brasileira não poderia ter a música mais tocada do mundo? Não só poderia, como teve, Envolver foi o primeiro #1 de uma brasileira no Spotify Global e ninguém tira esse recorde dela.

Vira-latismo, inveja, desdenho… ou os 3? Não há problema algum o país de origem ser o que mais consome seu artista, se o país de origem não apoia-lo, quem vai? E isso não à torna menos reconhecida mundialmente.

Portanto, ‘Envolver’ de Anitta é sim um marco global, um single que quebrou recordes e diversas barreiras e que segue incomodando a todos que não aceitam o sucesso da brasileira no exterior. Anitta segue sendo a brasileira mais ouvida no mundo pelo Spotify, com mais de 32 milhões de ouvintes, e, segue no Top 10 das músicas mais ouvidas do planeta. Além disso, a maior exportação do país acabou de lançar seu quinto álbum de estúdio intitulado ‘Versions Of Me’ na última terça-feira (12), e já rendeu elogios de veículos americanos como Billboard, NME (New Musical Express) e Forbes. Para finalizar, a cantora se apresenta no Coachella na próxima sexta-feira, dia 15, e promete sacudir toda a California, nos Estados Unidos.

Já dizia nosso grande Tom Jobim: “No Brasil, sucesso é ofensa pessoal”.

Jornalista e Social Media, Emerson Guimarães atua na internet desde 2014. Apaixonado por realitys shows, música e entretenimento, Emer, como é conhecido nas redes sociais, comenta tudo em seu twitter (@emerzow) e acumula milhões de impressões em seu perfil. Contato: [email protected]

Advertisement
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *