Connect with us

Internet

Entrevista: Dylan Bounce fala sobre carreira musical e mídias sociais, vem conferir!

Publicado

on

Dylan Bounce (Reprodução/Instagram)

Em 2019, Dylan Bounce removeu das plataformas de streaming seu projeto musical chamado “This Is Not Family” e agora o artista pode lançar um novo projeto musical.

Falamos com Dylan sobre a carreira musical e carreira empresarial dele, foi uma conversa  muito interessante. Na entrevista, ele contou porque removeu “This Is Not Family” de todas as plataformas e falou sobre o projeto futuro “Violent Heart”.

Bounce falou também sobre a sua agência de influenciadores, a Brainflu. Confira abaixo a entrevista completa:

BreakTudo – Seu nome de batismo é Guilherme, não é? Como surgiu o Dylan Bounce?

Dylan Bounce – Eu estava muito confuso sobre qual nome artístico eu deveria ter, eu precisava de algo chamativo, que fosse visualmente estratégico e bonito, além de fácil de ser lido e dito, então conversei com o Gabriel Carmargo, CEO do Missão Musical e empresário, ele é incrível! E em uma conversa, ele apontou que meu antigo nome artístico não era comercial e era difícil de se pronunciar. E eu sou muito fã do Dylan Sprouse, a inspiração por Dylan, além de eu achar o nome muito lindo. E o Bounce, é por que eu queria algo com a letra “B” que me lembra-se a Beyoncé, sou muito beyhive. Hoje, até meus amigos pessoais antigos me chamam por Dylan e não mais Guilherme.

B – Você tem a agência de influenciadores chamada Brainflu junto com Davi Keplmair, como surgiu a ideia e o que você poderia falar sobre esse projeto tão interessante?

D – A Brainflu surgiu durante a pandemia, a ideia inicial era levar uma estratégia acessível de publicidade para pequenas marcas, estabelecimentos e empresas, foi um ano muito difícil para muitos comércios. Até que, com isso, acabamos expandindo isso para os influenciadores também, fazendo com quê nos tornássemos a agência de publicidade que mais verificou influenciadores nas redes sociais, principalmente no TikTok.

B – Você é verificado em 38 redes sociais, isso é um feito muito interessante, como surgiu o seu interesse pelas mídias sociais?

D – Ser verificado em 38 redes sociais e plataformas é incrível, porque com isso eu consigo ter um espaço maior para me conectar com outras pessoas e até mesmo, me envolver em futuros projetos com essas mesmas plataformas ou marcas, eu sempre adorei rede social, me comunicar, compartilhar alguns momentos do meu dia, por mais reservado que eu seja.

B – Além de ter projetos empresariais, você também é cantor, podemos esperar novos lançamentos seus no futuro?

D – Com toda certeza, os meus amigos não se cansam de me pedir músicas novas, lançamentos novos, é literalmente todo dia. Eu recebo mensagem na direct também, é algo doido. Eu estou prestes a lançar um projeto fora da minha discografia, o “Violent Heart” no OpenSea, com sete faixas, será algo exclusivo deles e por NFT. Em 2023 teremos projeto na minha discografia, nesse ano será só esse álbum paralelo e exclusivo.

B – Seu projeto musical “This Is Not Family”, não está mais disponível nas plataformas de streaming, por que foi retirado?

D – Quando o álbum “This Is Not Family” foi lançado em 2018, eu ainda usava o antigo nome artístico, quando aconteceu a mudança do meu nome em 2019, eu optei por remover todas as faixas e projetos musicais do ar, não foi uma decisão fácil, a gravadora não apoiou, mas foi feito. Eu não queria que meu novo nome artístico e toda as novas mudanças estivessem vinculadas com o meu antigo nome, queria que esse recomeço fosse algo novo em tudo.

B – Vi no Twitter que você está acompanhando o BBB 22, sabemos que talvez ainda seja cedo para declarar uma torcida, mas NO MOMENTO, você já tem ou alguns favoritos?

D – Eu estou muito comentarista do BBB 22, eu declarei desde o começo do programa a minha torcida para a Jade Picon e não me arrependo, acompanho ela há muito tempo e sigo firme, mesmo que eu esteja recebendo mensagens de ódio por apoia-la, sim, algumas pessoas sem noção estão me jogando hate gratuitamente nas redes sociais, mas sigo sem responde-las. E eu torço muito para a Linn da Quebrada e para o P.A, eles são incríveis também.

B – Você gosta de séries? Se sim, quais você viu recentemente e recomenda?

D – Eu amo série, série sempre será tudo pra mim e principalmente se for de terror, é o meu gênero favorito. A última serie que eu finalizei foi “Them”, que mistura horror e racismo. Além de abordar temas sensíveis e delicados, é uma obra muito pesada com comentários e uma crítica social necessária. Eu recomendo sem pensar duas vezes, sério!

B – Recentemente você repostou stories do Arthur Veloso e depois disso você começou a receber perguntas dos seguidores se você estava namorando com ele e você respondeu que são apenas amigos, como foi essa tour? E aproveitando, você está namorando? Rs

D – A projeção desses stories foi algo muito doido, até a GKay visualizou os meus stories e eu amo ela, ela é tudo. Eu conheço o Arthur Veloso tem uns 17 anos, por que eu tinha 6 anos quando conheci ele, a irmã dele, nossas famílias se conhecem há anos, antes mesmos de nascermos. A galera shippou isso de “Dythur” em algo aonde não tem e para mim não tem problema shippar, até nossas amigas em comum shippam. E ele nem mesmo me seguiu de volta só pra começar kkkkkkk. E não, não estou namorando, até queria, eu estava afim de uma pessoa no inicio desse ano mas não rolou, acho que foi melhor assim.

B – Você é bastante ativo no Twitter, fale um Tweet recente seu.

D – 

 

Se Liga! Ainda não nos segue no Instagram? Corre lá, nosso @ é @breaktudosite, voce pode nos seguir também no Twitter @breaktudo e no Facebook BreakTudo, aguardamos você lá.

Advertisement
Clique para comentar