Internet Notícias

Entrevista: Conheça Dy Siqueira, empreendedor e digital influencer – “Faço sempre o melhor. Corpo, alma e coração.”

Dy Siqueira (Reprodução/Internet)

Dy Siqueira é um empreendedor, empresário, sócio da 2T’s Produtora & Agência, designer gráfico, produtor, promoter e agora também digital influencer. Mineiro da gema, nascido e criado em Congonhas – MG, cidade famosa por abrigar as obras do mestre Aleijadinho e ter o título de Patrimônio Cultural da Humanidade. O garoto é bastante popular, circula em todos os cantos na região de Minas Gerais. 

Aos 16 anos começou a trabalhar em uma gráfica rápida, se deparou com o mundo encantador da criação gráfica, que logo o deixou com o coração apaixonado pela área, porém não demorou muito para que ele assumisse novos compromissos, entrou também para a área de eventos. Apaixonado pelas redes sociais e com uma postura bem firme, ele é o queridinho nas redes, não tem como não gostar. Fofo, realista, carinhoso e educado, fala a linguagem de todas as pessoas.

Ao passar do tempo, foi para uma empresa de eventos, e em paralelo trabalhava em uma agência de Comunicação. Haja fôlego para acompanhar esse rapaz. Não é à toa que o chamam de garoto prodígio.

Com apenas 26 anos, ele está em ascensão logo após tomar a decisão de vincular claramente seu nome como sua assinatura a sua empresa. E essa fórmula está deu certo. 

Com mais de 3600 eventos em seu portfolio, mais de 180 marcas envolvidas em projetos específicos e mais de 430 ações promocionais, o rapaz não para. Já trabalhou em shows de pequeno, médio e grande porte. 

Com certeza Dy Siqueira é um jovem empreendedor que corre atrás do que quer, ele já é um exemplo de jovens empreendedores no Brasil, agora decidiu também focar na área de influenciador, o BreakTudo decidiu entrar em contato com ele para saber um pouco mais sobre a vida e projetos dele.

BreakTudo: Como foi o começo? Ouviu muitos nãos?

Dy:  Rapaz, sabe que eu não me lembro? Eu sempre planejei tudo em minha vida, mas deixava que o tempo se encarregasse de realizar, não pirava se algo saísse do controle ou não dava certo. Bem verdade que de talento sou, mais tenho muita sorte. As pessoas foram aparecendo na minha vida e tudo foi se realizando.  

BreakTudo: Assumiu um Festival, Carnaval, Blocos, Camarotes tudo isso em cidades diferentes e ainda brincou nas redes sociais “Vivíssimo, um péssimo dia pra quem não gosta de mim” . Como você consegue?

Dy:  Que loucura rapaz! Me lembre disso sempre tá?! Foi uma experiência incrível, tive super poderes. Fiz tudo, com uma grande equipe linda e sempre pronta. Durante os preparativos, acontecem algumas coisas e eu claro, perco o amigo mas a piada, jamais.  E acredita que no fim de tudo ainda juntei a turma toda pra comemorar? Louco isso. 

BreakTudo: Obviamente, você tem referências no seu trabalho. Quem você admira?

Dy:  Tem tanta gente boa no mercado. Na área de eventos eu gosto muito do trabalho de Carol Sampaio, Ludmila Dias , Alicinha Cavalcanti, Kamilla Fialho, Rafa Brahma, Márcio César e  Léo Marçal. Na internet: Carlinhos Maia, Thayse Teixeira, Rafael Benigno, Ney Lima. Vc já viu? E o Laellyo Mesquita? Que cara incrível. Na comunicação e amo o trabalho de Alexandre, Julie, Ilma, mais não posso falar a empresa que eles trabalham. Que saia justa, rapaz.

BreakTudo: O título de garoto prodígio, olha ele ou famosinho te incomoda? O que você acha disso?

Dy:  Sinceramente eu não ligo para isso, faço sempre o melhor. Corpo, alma e coração em todos os projetos que estou envolvido, o público e o contratante merece o melhor. Minha preocupação é com todo o processo até  finalização. Mas tem que ter um baita jogo de cintura. Gosto de acompanhar tudo, sou muito exigente.

 

BreakTudo: O que podemos esperar dos espaços que tem a sua assinatura?

Dy:  Sempre o melhor. Gosto de saber a opinião das pessoas, esclarecer possíveis dúvidas, envolver o máximo com as pessoas. Tem que existir essa troca. O erro de muitas empresas e colegas de profissão é se preocupar unicamente com o lucro ou despesa. Mas, há muito mais que isso ali, é UM nome, um evento, um produto e pessoas que precisa da máxima atenção e segurança. Estão ali para divertir.

BreakTudo: Existem muitas empresas e a concorrência é acirrada, como você lida com isso?
Dy: Eu não vejo concorrência, não é ingenuidade da minha parte. Mas criar uma rixa entre as empresas não vai ajudar ninguém a crescer no mercado ou conquistar clientes. O que todas as empresas precisam aprender é que o cliente é livre, não adianta prender. Tenha uma relação consolidada com seu cliente, conversas ou reuniões constantes. Verá que se você estiver disposto a união faz a força e todos ganham, muito mais as empresas e o clientes. Não me preocupo com isso de maneira alguma.

BreakTudo: Com quais artistas você já trabalhou?
Dy: Aí você me pegou. São tantos. Mas posso citar alguns: Jota Quest, Dj Celio Negrão, Os Lelek’s, Michel Teló, Nazaré Araújo, Beth Carvalho, Du Bandu, Carta e Seus Curingas… ixi, melhor não citar mais porque vou esquecer de algum e vem na minha mente uma espécie de vale a pena ver de novo sabe? Artistas são artistas independente da fama.

Michel Teló e Dy (Reprodução/Internet)
Rogério Flausino e Dy (Reprodução/Internet)
Reprodução/Internet

BreakTudo: Há alguma formula certa, para estar em ascensão e ser tão procurado?
Dy:  Hoje eu sei captar o que o cliente quer de fato e não ficar forçando a barra pra vender todos os nossos serviços. Captamos as informações do cliente, fazemos as seleções, e entregamos o que o cliente quer. Achar o ponto de equilíbrio é o mais difícil, foi na base da “porrada da vida” que aprendi, também né? O amadurecimento vem com o tempo.

BreakTudo: O que te emociona mais nesses eventos?
Dy:  Os sorrisos. Que isso gente, não há coisa melhor. Você vê claramente a emoção das pessoas quando toca alguma música e ela remete algum sentimento na pessoa, bem ali, naquele momento. É isso que faz o nosso trabalho dar certo. Ver o entretenimento de fato estampado no rosto das pessoas.

BreakTudo: A vida movimentada te atrapalha?

Dy:  Claro que não, eu só sinto o cansaço quando vejo uma cama (risos), mas tudo organizado, no seu devido lugar, não tem como atrapalhar. Inclusive dá pra trocar umas mensagens no Whatsapp ou Direct. É só organizar direitinho que tudo dá certo. 

BreakTudo: Como foi para você ser comparado com Paulo Gustavo? E a comparação com Ana Paula Renault?
Dy:  Ainda vou conhecer os dois. O Paulo eu acho um máximo, é um dos talentos do humor que eu admiro, além de sermos carequinhas. Sabia que essa brincadeira começou em um grupo de WhatsApp? Mandaram lá. E eu ri demais. Até publiquei, vocês viram? (risos). A Ana Paula me resume em muitas atitudes: Verdade, transparência e realidade. Você é o que é, e não precisa puxar o saco de ninguém, nem forçar uma imagem. Acho que é isso que as pessoas precisam, sabe? Mais verdade e mais amor, principalmente com o próximo. 

BreakTudo: O que podemos esperar para 2018?
Dy:  Essa aí não posso detalhar mais vem muita coisa por aí, ainda estamos em fase de negociação, por isso não posso falar.

O que nos resta é seguir ele nas redes sociais pra saber o que ele tá aprontando né?!

Curta nossa página e siga-nos no Instagram @breaktudoreal e no Twitter @breaktudo

Sobre o autor

Redação

Escrito pela equipe do BreakTudo. Siga o site nas redes sociais, Instagram @breaktureal Twitter /Facebook @breaktudo