Connect with us

K-Pop

Entrevista: BM (KARD) conversa com o BreakTudo sobre seu novo projeto solo

Publicado

on

Foto: Divulgação

O cantor BM, do grupo misto de k-pop KARD, lançou no último dia 2 de julho seu primeiro EP em carreira solo, intitulado The First Statement.

The First Statement foi lançado após quatro anos e meio desde a estreia de BM no mundo do k-pop, podendo mostrar um lado diferente do artista. O cantor, que é norte-americano e filho de coreanos, apostou nas influências do hip-hop no álbum, no qual participou como compositor, letrista e produtor.

Nós conversamos com o artista e você confere a entrevista completa abaixo:

Olá, BM! Primeiramente, é uma honra conversar com você sobre esse novo capítulo em sua vida. O BreakTudo e eu realmente respeitamos você e seus projetos. Obrigada por conversar conosco. Vamos iniciar falando sobre como foi o processo criativo por trás do novo EP ‘The First Statement’. Você poderia nos falar mais sobre isso? Sobre os ritmos e conceitos.

BM: “BreakTudo, muito obrigado por me receber nessa entrevista. Começando com a primeira pergunta. O processo criativo primeiramente foi por trás de ‘Save-me’. Foi muito divertido…hum…você sabe. Eu pude a escolher enquanto trabalhava, a empresa me deixou, você sabe, realmente liderar esses projetos, então foi muito divertido. Para a inspiração, eu pude trabalhar com minha equipe 8FACGS e fomos capazes de criar 2 músicas; Broken Me e Body Movement, que são ótimas e mal posso esperar para fazer turnês e me apresentar para o mundo inteiro. Ah, e também tem Thirteen9BI, que é, hm, uma música mais baseada no hip-hop que eu realmente quero lançar, porque eu tenho uma ligação muito forte de hip-hop que adoro. Eu cresci com isso e eu só quero ter um gostinho disso, mas também colocando um gostinho de BM nele”.

KARD é como um arco-iris, quero dizer, você como um artista solo é uma cor individual mas quando está no grupo, vocês formam um harmonioso arco-íris. Você concorda com isso? Se sim, que cor você acha que é?

BM: “KARD é como um arco-íris… Sim. Hm, como artista, nós temos cores individuais que formam um arco-íris mais harmonioso. Isso é muito, muito verdade, concordo com isso. Não tenho muita certeza de que cor eu me colocaria. Acho que seria mais vermelho ou azul, apenas porque são duas cores muito fortes. Sim, quero dizer, vermelho ou azul, são cores opcionais, e a razão pela qual escolhi as duas cores é porque sinto que tenho tantos tipos diferentes de música que acrescento e você sabe, se você escuta ‘Statement’ si, tem um som muito diverso. Cada som são muito diferentes uns dos outros, então, você sabe, escolher duas daquelas cores que se opõem eu acho que seria uma ótima representação do BM. Essas são as cores”.

Qual foi o melhor momento que você teve gravando esse EP? Aconteceu algo engraçado ou algo que você nunca esquecerá?

BM: “Houveram muitos momentos ótimos enquanto eu estava gravando, quero dizer, 13IVI, Body Movin e Broken Me eu gravei no estúdio do 8PACKS e me lembro de ‘Broken Me’. Achei muito emocionante essa música, então eu e meu produtor Isaac estávamos gravando e estávamos naquele clima de gravação ‘mood moon’, então desligamos as luzes enquanto estávamos gravando. Foi tanta emoção enquanto gravávamos esta música. Eu me lembro que também foi muito engraçado pois Body Movin’ era uma música onde…hm… quando eu levei a batida para casa comigo, eu realmente não esperava escrever nada. Mas, você sabe, enquanto nós gravamos, nós estávamos tipo ‘isso é tão BM’. Isso foi tão legal e esse é um som que nunca tocamos antes, tentamos inovar e então,  fizemos isso”. 

Qual é a colaboração musical dos seus sonhos?

BM: “No que diz respeito à colaboração dos sonhos, quero dizer, no momento, eu só quero colaborar com qualquer pessoa que tenha uma ótima voz e coloque uma ótima cor. Com a música, você sabe, no que diz respeito às escolhas, eu não tenho nenhuma escolha específica. Acho que se você sabe de alguém que quer colaborar comigo de uma forma muito aberta, que tenha um som legal e se tiver uma cor legal, eu sou todo ouvidos para ver se posso colocar um pouco de ‘molho’ na sua música ou nas minhas, eu acho. Eu tenho uma cópula de canções feitas nas quais tenho algumas colaborações mas no que se diz respeito ao tempo, eu acho que irei revela-las apenas no tempo certo”.

O que você diria para a sua versão mais nova?

BM: “Eu não falaria com meu ‘eu’ mais jovem sobre qualquer coisa de que eu goste ou onde estou agora, quero dizer, as coisas poderiam obviamente ser melhores, mas acho que não diria nada. Eu sinto que vou apenas encorajar a minha versão mais jovem a dizer que ele está indo bem, para continuar trabalhando duro, continuar lutando por coisas maiores e continuar forçando os limites. Isso também é algo que eu venho fazendo há muito tempo. Sempre tive grandes pessoas ao meu redor que me contavam grandes coisas, então eu quero dizer que mais uma pessoa não ajudaria,  mas não faria mal… Acho que é isso que eu diria ao meu eu mais jovem”.

Agora sobre o Brasil. Seus fãs brasileiros estão muito ansiosos para ouvir esse novo projeto. Você tem planos para cantar alguma música desse EP aqui algum dia?

BM: “Eu quero cantar todas as minhas músicas do EP para todos os meus fãs brasileiros, eu realmente quero ver a reação deles também. Eu realmente espero que eles amem e eu acredito que eles será  muito, muito emocionante pode tocar essas músicas para eles então quero dizer, eu mal posso esperar até nós encontrarmos para eu realizar isso para vocês”.

Sobre a última vez que você esteve no Brasil, qual foi a sua memória favorita?

BM: “A melhor lembrança que eu tive do Brasil… Hmm… O Brasil um lugar tão lindo, com pessoas lindas, com muita cultura,muito carinho e amor. Cada cidade que fomos era só isso. Eles são tão respeitosos, cheios de amor e tão solidários, então, quero dizer, apenas o próprio Brasil é sempre uma ótima memória e sempre um bom lugar para se voltar”.

O que os fãs podem esperar de você depois dessa Pandemia?

BM: “Você pode definitivamente esperar mais turnês, mais músicas e ótimas performances de mim e do KARD, então eu não posso esperar para compartilhar mais músicas como um todo e como um artista solo então, fique atento”. 

Você poderia enviar uma mensagem para os seus fãs que vão ler essa entrevista?

BM:Muito obrigado pelos fãs que estão lendo esta entrevista. Mal podemos esperar para ver vocês com novas músicas e acho que até lá, teremos um upgrade muito maior e muito melhor no som. Eu vou apenas atualizar vocês: música performática! Nós definitivamente seremos mais maduros e eu sei que todos os fãs no mundo estamos ficando maduros juntos, estamos todos crescendo juntos, então, você sabe, eu tenho certeza que seremos capazes de fazer isso com bom gosto e lançar músicas que vocês irão adorar. Eu mal posso esperar para lança-las. Por favor, continuem a nos apoiar e nós amamos muito vocês. Muito obrigado e eu te amo. Muito obrigado BreakTudo por me receber. Tchau”.

Vale ressaltar que o artista tem data marcada para voltar ao Brasil.

Ele virá em turnê com o KARD em julho de 2022, através da empresa Highway Star, que já trouxeram diversos artistas ao Brasil.

Você pode conferir mais informações sobre a turnê por aqui! 

Se Liga!  Ainda não nos segue no Instagram? Corre lá, nosso @ é @breaktudosite, voce pode nos seguir também no Twitter @breaktudo e no Facebook BreakTudo, aguardamos você lá.