Famosos

DJ Ilka Oliver é a principal atração do Carnaval em Maresias no Litoral Paulista

Com a aproximação do Carnaval em todo o Brasil, milhares de festas e eventos para o feriadão estão sendo montados, de norte a sul. Um dos principais destinos turísticos do Brasil é o litoral paulista, que recebe milhões de turistas, e é palco de alguns dos maiores eventos desse período.

A DJ Ilka Oliver é a principal atração do Maresias Electric Carnival, que acontece dia 2 de março, pré carnaval, em Maresias, um dos mais badalados destinos da temporada. O evento de música eletrônica, principal da região, deve atrair centenas de pessoas para o Bad Boy Hotel.

Ilka é uma DJ versátil, que tem em seu setlist músicas que vão desde o remix de Bella Ciao, sucesso da Netflix na série La Casa de Papel, até remixes originais que já embalaram as baladas e rádios de Ibiza, na Espanha: “amo tocar no litoral. Sou de SP e estou sempre tocando nas principais casas da capital, mas o litoral tem uma vibe diferente, tropical, praia, uma energia que muito me agrada. Uma satisfação pra mim tocar nesse lugar lindo e ainda poder curtir o por do sol e a brisa do mar”, declarou Ilka.

Fonte: MF Press Global

Se Liga!  Ainda não nos segue no Instagram? Corre lá, nosso @ é @breaktudoreal , voce pode nos seguir também no Twitter @breaktudo e no Facebook BreakTudo, aguardamos você lá.

Sobre o autor

Luca Moreira

Luca Rocha Moreira nasceu em Niterói – RJ, no dia 14 de maio de 1998. Descendente de família mineira por parte de mãe, é filho da funcionária pública Lucia Maria Rocha da Silva e do designer gráfico Luiz Carlos Falcão Moreira. Estudou a infância toda em rede particular de ensino e durante o ensino médio, cursou integração com técnico em engenharia naval pela Escola Técnica Estadual Henrique Lage, unidade componente da Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro, onde participou de diversos protestos relacionados ao grêmio estudantil.

Enquanto estava cursando a escola, iniciou um curso de interpretação teatral na Oficina Social de Teatro, onde teve seu primeiro contato com as artes cênicas, onde recebeu aulas do ator e professor Alécio Abdon, porém se retirou do curso por motivos de dificuldade em interpretar seus personagens. Ainda no segundo grau, montou uma página no Facebook, onde começou a falar de múltiplos assuntos, entre eles esportes, nutrição e cultura. Em março de 2016 foi descoberto pela produtora teatral Grazi Luz, dona da Fazart Produções Artísticas, quando recebeu seu primeiro convite para ser aprendiz de comunicação da companhia, ainda que com 17 anos.

Seu interesse pelo jornalismo teve início alguns meses após sair da produtora, quando começou a publicar artigos no “Almanaque Mídia” na época comandado por Esdras Ribeiro. Algumas semanas depois do fechamento do portal, foi abordado pelo jornalista brasiliano Daniel Neblina, que o convocou para integrar o time de colunistas do “RegistroPop”, onde despontou como entrevistador-chefe do veículo, foi aí que iniciou sua carreira como jornalista.








Siga no Twitter