Brasil Notícias

Damares Alves: Youtubers progressistas divulgam abaixo-assinado para substituir Ministra da Família, confira!

Damares Alves (Reprodução/Internet)

A Ministra da Família, Damares Alves, nomeada por Jair Bolsonaro, acabou se tornando o ministro mais falado do momento, ela já se envolveu em diversas polêmicas, como a “Menino veste azul e menina veste rosa” e agora a polêmica dela ter se apresentado como mestre em educação e em direito, sendo que ela não tem formação acadêmica.

Por conta de tudo isso, o youtuber Dead Consense criou um abaixo-assinado para fazerem a substituição de Damares Alves, ele conta com o apoio de vários youtubers da rede progressista com Samuel Boreli, por exemplo. A rede progressista está crescendo bastante no YouTube e conta com nomes como Henry Bugalho, O Historiador e Tese Onze.

Confira abaixo o que diz o abaixo-assinado:

O presente abaixo-assinado objetiva a substituição da Ministra Damares nomeada pelo Presidente Bolsonaro para conduzir a pasta da Mulher, Família e Direitos Humanos; 

A referida ministra tem demonstrado comportamentos e pensamentos através de vídeos e demais publicações que vão contra as questões técnicas e elementares dos assuntos da pasta; 

O último evento publicado na mídia foi a nota oficial dizendo que seus títulos de mestrado em direito constitucional, direito de família e educação têm origem bíblica; 

A proposta é a substituição por alguém com formação específica na área, que realmente comprove especializações de forma séria como: mestrado, doutorado, títulos, artigos científicos, experiência dentro e fora do País, bem como demonstre máximo respeito ao estado laico e ficha limpa em sentido amplo no que tange a denúncias, investigações, processos e condenações; 

Por último, a proposta tem por escopo a tecnocracia em respeito pleno ao dinheiro público.

Siga nos nas redes sociais

@BREAKTUDOREAL

@BREAKTUDO

@BREAKTUDO

Notícias sobre:

Sobre o autor

Redação

Siga o site nas redes sociais, Instagram @breaktureal Twitter /Facebook @breaktudo








Siga no Twitter