Colunas Luca Moreira

Conheça a Linha Produções: produtora de audiovisual que tem como missão dar voz às minorias

Foto: Divulgação

No cenário atual de luta contra os mais diversos tipos de preconceitos, produções audiovisuais que abordam problemáticas sociais contribuem para o avanço da quebra de padrões definidos por uma parte da sociedade que desmerece a escolha e o sentimento do outro. A produtora independente de audiovisual, Linha Produções, compõe o time das produtoras que produzem webséries com conteúdos LGBTQ+.

Hoje liderada por mulheres, a Linha Produções foi criada em 2017 pela diretora, roteirista e jornalista, Thaiane Soares, que atualmente conta com a sócia e atriz Maria Clara Rolim no controle em conjunto da empresa e no processo de criação dos projetos.

A produtora surgiu, não só da ideia de formar uma equipe de produção coletiva, mas também do desejo da proprietária Thaiane Soares de mostrar sua visão para o mundo e produzir conteúdo que possa servir como representatividade, principalmente por se tratar de conteúdo LGBTQ+, o qual ainda possui pouca referência no ramo audiovisual a nível nacional, como nas grandes emissoras de TV.

A proprietária da Linha Produções reforça a importância da abordagem nas produções brasileiras e considera como uma forma de tentativa de reeducação da sociedade que desmerece as diferentes formas de amor. “Não acho que essa reeducação será rápida e nem fácil, mas acredito que as produções LGBTQ+ nacionais estão sendo um dos primeiros passos para normalização e a igualdade”, afirma.

Foto: Divulgação

A também proprietária da produtora, Maria Clara Rolim, vê a produção audiovisual LGBTQ+ como uma força de representação de todos aqueles que não se sentem acolhidos pelos conteúdos já existentes. “É uma tentativa de normalizar e de quebrar com os padrões pré-estabelecidos na sociedade, e dessa forma dar voz, dar um verdadeiro chute no armário, e acabar com um falso moralismo que tenta engolir, que tenta calar a comunidade LGBTQ+. A sociedade é plural e a arte, podendo ser considerada um reflexo da vida, também deve ser”, completa Maria Clara.

Atualmente o canal do youtube conta com 65 mil inscritos e é um grande referencial representativo da comunidade na internet. Os sucessos já produzidos pela produtora e publicados na plataforma são: Além de Alice, Lívia Através da Lente, Área Cinza e Magenta. Um dos próximos projetos a serem estreados é a série “Encontro”, que estará ainda este ano no ar.

Curta nossa página e siga-nos no Instagram @breaktudoreal e no Twitter @breaktudo