Connect with us

Música

Canal OKOK explica as ligações do clipe “Look What You Made Me Do” com o passado da Taylor Swift

Publicado

on

Com recordes de visualizações na internet, a música tem indiretas para Kim Kardashian, Kayne West e Katy Perry

Reprodução/Internet

Cheio de alusões a polêmicas de sua trajetória, o clipe da música “Look What You Made Me Do” da Taylor Swift já quebrou recordes de visualizações na internet e tem entredito pessoas do mundo inteiro que buscam nas cenas alguma ligação com o passado da cantora. Conhecida por sempre estar imersa nas notícias do universo pop, a Fernanda Braz escreveu um roteiro explicando todas as referências que a Taylor colocou no clipe e publicou o vídeo no canal OKOK da Snack, rede multiplataforma de canais.

Taylor Swift e Katy Perry concorre no BreakTudo Awards 2017

Lançada mundialmente no VMA desse ano, a música faz parte do sexto álbum da cantora, Reputation, e mostra algumas indiretas a outras celebridades como Katy Perry, Kim Kardashian, Kayne West e até mesmo ao seu ex-namor ado, Tom Hiddleston. “Taylor está pegando a sua fama de cobra e tentando reverter a situação, se apropriando da má reputação”, explica o roteiro da Fernandinha sobre a cena cheia de cobras.

É difícil reparar, mas nessa mesma cena Taylor está sentada em um trono de ouro que tem a inscrição “Et tu Brute”, que significa “até tu Brutus” e que é símbolo universal de traição. A lápide que aparece logo no começo do clipe é outra coisa que pode ter passado desapercebido para a maioria, mas ela mostra o nome Nils Sjõberg, que é o pseudônimo que a Taylor usou para ser creditada na música “This is what you came for” em parceria com o Calvin Harris.

Para alfinetar Kayne West a letra fala “odeio o seu palco torto”, lembrando do palco flutuante no qual ele se apresentou durante a Pablo Tour. Segundo vídeo do canal OKOK, talvez nem mesmo o trauma da Kim Kardashian passou batido e é possível que a Taylor apareceu segurando um colar de diamantes dentro de uma banheira, para representar respectivamente o objeto que foi roubado e o local onde ela foi algemada durante o assalto em Paris.

Nessa mesma banheira também aparece uma nota de um dólar, que encena o valor que Taylor ganhou no processo de assédio sexual contra o DJ David Mueller, por ter apertado sua bunda na hora de tirar uma foto. Na sequência ainda tem referência a Katy Perry, pois mostra a cantora usando uma peruca falsa, segurando um Gramy e tendo um tigre rugindo ao seu lado, fazendo uma alusão ao clipe “Roar”.

A blusa com as inscrições “I love T.S.”, que seu ex-namorado Tom Hiddleston usou enquanto estavam juntos, também apareceu no clipe e foi usada por oito dançarinos, lembrando que oito é o número de namorados famosos que Taylor teve e citou em suas músicas.

Dá play no vídeo:

 

Fonte: OKOK

Se Liga!  Ainda não nos segue no Instagram? Corre lá, nosso @ é @breaktudosite, voce pode nos seguir também no Twitter @breaktudo e no Facebook BreakTudo, aguardamos você lá.