Famosos

Ana Petkovic abre seu quarto e revela: “Nunca contratei ninguém. Eu mesmo desenho meus armários e faço toda decoração”

A filha do craque Petkovic, ídolo do Flamengo, abre as portas de sua casa e mostra que além da música tem talento com decoração e projetos, e revela que já quis ser arquiteta

Ana Petkovic tem chamado atenção no mundo da música. Além de arrasar nas pistas de dança do Brasil e internacionais com seu hit “Nobody”, Ana abre as portas de sua casa e revela uma faceta totalmente diferente, como projetista e decoradora.

No seu quarto, através de suas criações, Ana revela-se uma pessoa organizada, e que ama projetar. A cantora desenhou todos os armários da casa na Sérvia e das outras casas que a família Petkovic tem: “gosto de ter tudo em seu devido lugar. Organizo minhas roupas e bolsas por cores, e deixo no meu armário somente as roupas da estação, para facilitar as escolhas. Amo meus sapatos e deixo os mais belos nas prateleiras que eu projetei, para dar destaque a eles”.

Ana posiciona-se a favor do meio ambiente e dos animais, e tem cuidados que condizem com essa ideologia até mesmo na decoração da casa: “o armário com acabamento em pele de crocodilo é feito com pele falsa. Sou contra matança de animais”, dispara.

Ana está sempre viajando, e ora está na Europa, ora no Brasil. Organizar-se desta maneira ajuda a cantora a ter a mão sempre o que precisa: “Personalizo tudo de acordo com meu gosto e minha necessidade. Eu desenho tudo, e em todas as casas que a gente mora eu que faço a decoração e os projetos dos móveis. Faço tudo porque adoro isso. Já quis ser arquiteta, mas acabei seguindo o caminho da música”, conta.

Fonte: MF Press Global

Se Liga!  Ainda não nos segue no Instagram? Corre lá, nosso @ é @breaktudoreal , voce pode nos seguir também no Twitter @breaktudo e no Facebook BreakTudo, aguardamos você lá.

Sobre o autor

Luca Moreira

Luca Rocha Moreira nasceu em Niterói – RJ, no dia 14 de maio de 1998. Descendente de família mineira por parte de mãe, é filho da funcionária pública Lucia Maria Rocha da Silva e do designer gráfico Luiz Carlos Falcão Moreira. Estudou a infância toda em rede particular de ensino e durante o ensino médio, cursou integração com técnico em engenharia naval pela Escola Técnica Estadual Henrique Lage, unidade componente da Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro, onde participou de diversos protestos relacionados ao grêmio estudantil.

Enquanto estava cursando a escola, iniciou um curso de interpretação teatral na Oficina Social de Teatro, onde teve seu primeiro contato com as artes cênicas, onde recebeu aulas do ator e professor Alécio Abdon, porém se retirou do curso por motivos de dificuldade em interpretar seus personagens. Ainda no segundo grau, montou uma página no Facebook, onde começou a falar de múltiplos assuntos, entre eles esportes, nutrição e cultura. Em março de 2016 foi descoberto pela produtora teatral Grazi Luz, dona da Fazart Produções Artísticas, quando recebeu seu primeiro convite para ser aprendiz de comunicação da companhia, ainda que com 17 anos.

Seu interesse pelo jornalismo teve início alguns meses após sair da produtora, quando começou a publicar artigos no “Almanaque Mídia” na época comandado por Esdras Ribeiro. Algumas semanas depois do fechamento do portal, foi abordado pelo jornalista brasiliano Daniel Neblina, que o convocou para integrar o time de colunistas do “RegistroPop”, onde despontou como entrevistador-chefe do veículo, foi aí que iniciou sua carreira como jornalista.








Siga no Twitter